Col·lectiu Emma - Explaining Catalonia

Monday, 5 september 2016 | DIÀRIO DE NOTÍCIAS

Português

Delegação da Catalunha em Lisboa abre na segunda-feira

Raül Romeva, conselheiro para os Assuntos Exteriores da Generalitat, visitará o novo espaço na Avenida da Liberdade



DIÁRIO DE NOTÍCIAS
 
03-09-2016
 
SUSANA SALVADOR

O conselheiro de Assuntos Exteriores, Relações Institucionais e Transparência da Catalunha, Raül Romeva, vem na segunda-feira a Lisboa para visitar a nova delegação da Generalitat em Portugal, que vai abrir na Avenida da Liberdade. Criada em julho de 2015 por decreto do governo catalão, a delegação é liderada pelo ex-jornalista Ramon Font, que antes esteve à frente do programa para a promoção exterior da Catalunha em Portugal e no Brasil.

"Esta nova delegação é a primeira representação institucional da Catalunha em Portugal, tendo incidência em todos os domínios, do cultural ao económico", lê-se no comunicado da Generalitat. "Além de desenvolver as relações entre a Catalunha e Portugal, a nova estrutura vai também desenvolver as relações com a Comunidade de Países de Língua Portuguesa", acrescenta.

"O único interlocutor do Estado português nas relações bilaterais com Espanha é o Estado espanhol, representado em Lisboa exclusivamente pela Embaixada de Espanha", indicou por e-mail o Ministério dos Negócios Estrangeiros português, questionado pelo DN sobre se a abertura desta delegação poderia prejudicar as relações com o governo de Madrid, tendo em conta os desejos independentistas catalães.

A abertura do espaço e a visita de Romeva ocorre a menos de uma semana da Diada (11 de setembro, dia nacional), que tem sido marcada por manifestações a favor da independência desta comunidade autonómica. Desde as eleições regionais de 27 de setembro de 2015, ganhas pelos independentistas do Junts pel Sí, que o governo catalão tem em marcha um projeto independentista com o apoio da Candidatura de Unidade Popular (antissistema).

A Generalitat já tem delegações em Londres, Paris, Bruxelas, Roma, Viena, Berlim e Washington. Em junho de 2015, o Tribunal Constitucional espanhol levantou a suspensão que decretara meses antes à abertura destas delegações e, já neste ano, relembrou que o Estatuto de Autonomia catalão permite à Generalitat "promover a projeção da Catalunha no exterior e promover os seus interesses nesse âmbito respeitando a competência do Estado em matéria de relações externas".



Very bad Bad Good Very good Excellent (2 vòtes)
carregant Loading




Lectures 2327 visits   Send post Send


Col·lectiu Emma - Explaining Catalonia

Col·lectiu Emma is a network of Catalans and non-Catalans living in different countries who have made it their job to track and review news reports about Catalonia in the international media. Our goal is to ensure that the world's public opinion gets a fair picture of the country's reality today and in history.

We aim to be recognized as a trustworthy source of information and ideas about Catalonia from a Catalan point of view.
[More info]

quadre Traductor


quadre Newsletter

If you wish to receive our headlines by email, please subscribe.

E-mail

 
legal terms
In accordance with Law 34/2002, dated 11 July, regarding information services and electronic commerce and Law 15/1999, dated 13 December, regarding the protection of personal data, we inform you that if you don’t wish to receive our newsletter anymore, you can unsubscribe from our database by filling out this form:








quadre Hosted by

      Xarxa Digital Catalana

Col·lectiu Emma - Explaining Catalonia