Col·lectiu Emma - Explaining Catalonia

Sunday, 11 june 2017 | DIÁRIO DE NOTÍCIAS

Português

"O resultado será vinculativo"

Entrevista a Raül Romeva, conselheiro para os assuntos externos da Generalitat da Catalunha


DIÁRIO DE NOTÍCIAS
 
PATRÍCIA VIEGAS
 
10-06-2017.-

Qual a diferença que vê entre o referendo de 1 de outubro e a consulta popular de 9 de novembro de 2014?

Em 2014 foi uma consulta, mas desta vez não se trata de nenhuma espécie de sondagem. Da outra vez a pergunta foi: "Quer que a Catalunha seja um Estado" e "Se sim, quer que este Estado seja independente?". Desta vez a pergunta vai ser: "Quer que a Catalunha seja um Estado independente em forma de República?". O resultado desta vez será vinculativo. O governo está obrigado a implementar o resultado.

E se o governo de Espanha não aceitar o referendo como aconteceu da outra vez e o Tribunal Constitucional declarar a consulta ilegal?
 
Estou a falar do governo catalão e não do de Espanha. O resultado será vinculativo e o Tribunal Constitucional espanhol não terá influência se sairmos do domínio jurídico de Espanha. Mas, como digo sempre, esta não é uma questão jurídica, é uma questão política.

Tem a certeza de que o sim à independência vai ganhar?

Não sabemos isso. O que queremos é o direito a votar e respeitaremos o resultado. Se ganhar o não vai haver novas eleições [autonómicas].

Albert Rivera, líder do Ciudadanos, falou em eleições antecipadas já...

O Sr. Rivera tem esse registo... Eleições, a haver, só depois. Não se trata de escolher entre referendo e eleições.

Quem votará no referendo? Apenas os catalães?

Um critério é o de residência: todas as pessoas que vivem na Catalunha e já podem votar nas eleições autonómicas podem votar no referendo. O outro critério é o da nacionalidade: todos os catalães que se encontram a viver no estrangeiro.

Como conseguiram o apoio de Pep Guardiola, que domingo vai ler o manifesto em defesa deste referendo?

Guardiola, se bem se lembra, já integrou as listas da Junts pel Sí. Ele sempre apoiou a ideia de que temos o direito a decidir.

 
 


Very bad Bad Good Very good Excellent (1 vòte)
carregant Loading




Lectures 1622 visits   Send post Send


Col·lectiu Emma - Explaining Catalonia

Col·lectiu Emma is a network of Catalans and non-Catalans living in different countries who have made it their job to track and review news reports about Catalonia in the international media. Our goal is to ensure that the world's public opinion gets a fair picture of the country's reality today and in history.

We aim to be recognized as a trustworthy source of information and ideas about Catalonia from a Catalan point of view.
[More info]

quadre Traductor


quadre Newsletter

If you wish to receive our headlines by email, please subscribe.

E-mail

 
legal terms
In accordance with Law 34/2002, dated 11 July, regarding information services and electronic commerce and Law 15/1999, dated 13 December, regarding the protection of personal data, we inform you that if you don’t wish to receive our newsletter anymore, you can unsubscribe from our database by filling out this form:








quadre Hosted by

      Xarxa Digital Catalana

Col·lectiu Emma - Explaining Catalonia